olha o mundo dizabando dese animal

olha o que fizeram a esse cahorro indefeso 

80% dos donos de animais de estimação já tiveram um animal que tinha medo de fogos de artifício.[1] Você está sempre se preocupando com seus animais durante os fogos que são disparados perto de sua casa? Você tem medo de voltar pra casa e ver que seus animais estão infelizes ou, na pior das hipóteses, mortos por causa dos sons extremamente altos? Se você não puder pedir fogos de artifício menos barulhentos, terá que se esforçar ao máximo para reconfortar seu animal de estimação. Aqui estão maneiras de manter seu bichinho seguro e bem cuidado durante os fogos de artifício.

 
 
 

Passos

  1. 1
    Saiba quando ocorrerá os disparos dos fogos e como eles terão impacto na sua casa. Contate os órgãos municipais para descobrir quando pode ocorrer na sua área. Marque as datas em um calendário para que você possa saber quando terá que garantir que seus animais de estimação recebam cuidado. Se você sabe ou suspeita que os fogos poderão ser ouvidos da sua casa, tome as precauções descritas nos passos seguintes.
    • Verifique se as etiquetas de identificação e os microchips dos seus animais estão atualizados; marque no calendário quando vencem os pagamentos de renovação e lembre-se de fazer os pagamentos. Se acontecer do seu cachorro realmente sair correndo durante os fogos de artifício, é muito mais fácil identificar que você é dono dele com esses recursos.
    • Os fogos de artifício irritam os cachorros por causa do barulho, do cheiro de enxofre e das luzes que piscam.[2]
     
     
    Anúncio
     
  2. 2
    Prepare seu cachorro para lidar com o barulho ao expô-lo a outros sons.Essa dessensibilização ajuda a prevenir a fobia de sons altos. Use um CD bem antes da época de fogos, ou após o evento.
     
  3. 3
    Prepare a casa. A casa se torna a zona de segurança do seu animal de estimação, então é importante prepará-la adequadamente.
    • Mantenha algumas luzes acesas. Manter uma luz acesa irá acalmar seu animal e fazê-lo se sentir mais seguro, ao invés de ficar assustado em um cômodo escuro.
    • Abafe o ruído. Feche as cortinas do quarto e, se o seu animal ficar dentro de uma gaiola, cubra-a com um cobertor espesso, mas tenha certeza de que é possível seu animal respirar, para ele não sufocar. Isso também irá ajudar a impedir que os flashes de luz afetem o animal.
    • Planeje usar sons familiares para tirar a atenção do barulho dos fogos. Música de um rádio ou ligar a TV são sons provavelmente familiares que podem acalmar seu animal de estimação. Só não deixe-os ridiculamente altos, pois eles mesmos podem se tornar irritantes.
     
  4. 4
    Prepare o cômodo. Selecione um cômodo adequado onde você irá manter os animais durante os fogos. Um quarto mais no centro que seja menos impactado pelo barulho é ideal. Deve ser um cômodo que você possa fechar para evitar que o animal corra pela casa e se machuque, destrua os móveis etc. Se você tiver mais de um animal, tenha certeza de que eles não irão se importar em ficar confinados no mesmo lugar, ou selecione vários quartos para animais diferentes. Por exemplo, cães e gatos normalmente preferem ficar separados.
    • Deixe o quarto aconchegante. Coloque roupas de cama familiares e limpas em algum lugar confortável, como embaixo de uma mesa, atrás de uma cadeira etc. Adicione alguns brinquedos familiares, brinquedos de mastigar, bolas etc., para manter seus animais de estimação entretidos e distraídos.
    • Garanta que a temperatura do cômodo esteja agradável; quente se o tempo estiver frio, ou fria se o tempo estiver quente.
    • Considere se algum som pode acalmar. Se o seu animal de estimação estiver acostumado com música, ligue a um volume normal. Além disso, o som da chuva é bem relaxante para animais.
    • Use lavanda. Isso é opcional, mas é bom usar itens com perfume de lavanda para ajudar a acalmar o animal. Use um spray ou esfregue gentilmente as folhas e as flores de algumas plantas frescas. Só lembre-se de deixar fora do alcance do animal. Usar óleos essenciais ou incenso não é recomendado, pois um animal agitado pode derrubar e começar um incêndio ou se machucar.
    • Adicione uma caixinha de areia para os gatos.
    • Remova quaisquer itens afiados do quarto caso seu animal de estimação comece a pular ou correr.
     
  5. 5
    Se prepare. Ao querer aliviar a dor do animal, às vezes podemos transferir um pouco da nossa ansiedade e chateá-lo. Se você estiver adequadamente preparado com antecedência, não haverá necessidade de se sentir chateado e preocupado, pois você poderá ficar tranquilo quanto a segurança do seu animal de estimação.
    • Saiba que as reações assustadas e frenéticas dos animais geralmente são a causa principal por você ficar chateado. Estar preparado para as reações deles pode ajudar a manter você calmo também.
     
  6. 6
    Confine seu animal de estimação. De meia hora a uma hora antes de os fogos começarem, coloque-o no cômodo escolhido. Se você estiver preocupado com não conseguir localizar o animal (por exemplo, gatos nem sempre são fáceis de achar), considere encontrá-lo várias horas antes. A hora da refeição é um bom momento para encontrar todos os animais, desde que ela ocorra antes do horário dos fogos de artifício. Se eles precisarem passear, faça isso antes de confiná-los.
    • Mesmo se o animal estiver preso, coloque-o no cômodo seguro e confortável que você selecionou.
    • Se o seu animal de estimação for um cavalo ou outro animal de fazenda, faça questão de que o estábulo ou celeiro esteja limpo e que ele esteja lá dentro.
     
  7. 7
    Forneça comida e água. Lembre-se de deixar água e comida suficientes para o seu animal na área de confinamento. Muitos animais estarão apreensivos ou até mesmo frenéticos. Se o seu animal tiver acesso a água, isso irá ajudar a acalmá-lo, e comida fornecida na porção normal irá fazê-lo se sentir como se fosse um dia normal.
     
  8. 8
    Fique de olho no seu animal de estimação e, se possível, fique com ele.Reconforte-o e converse com ele. Seja amigável, mas não o mime demais, pois isso pode aumentar a ansiedade dele caso perceba a sua, recompensando e encorajando o comportamento de medo.[3] Se não for possível ficar com ele (talvez porque você esteja ocupado no show de fogos de artifício), não se preocupe - os passos anteriores devem garantir que seu animal fique bem cuidado.
    • Se ele desejar, deixe o animal se esconder em algum lugar do cômodo. É a maneira dele de lidar com a situação[4], e retirá-lo de uma área segura pode aumentar os níveis de ansiedade dele. Não o mime demais.
     
  9. 9
    Veja se o seu animal de estimação está bem depois dos fogos. Reconforte-o e remova a proteção (as cobertas etc.), desde que você tenha certeza de que os fogos de artifício pararam. Deixe-o perambular livremente pela casa para ver como ele se comporta antes de considerar deixá-lo voltar para a rua (é melhor esperar até a manhã seguinte, se for possível). Veja se há sinais de estresse.
    • Para gatos, sinais de estresse inclui fugir, sujar a casa, se esconder e se recusar a comer.
    • Para cães, sinais de estresse inclui latir bastante, fugir, sujar a casa, se esconder e se encolher, se agarrar aos donos, choramingar, tremer, caminhar sem rumo e ofegar, se recusar a comer.
    • Se o seu animal de estimação estiver estressado, mantenha-o dentro de casa durante a noite. Mantenha uma caixa de areia em algum lugar dentro da casa ou leve o cachorro para passear depois dos fogos, mas não o deixe se soltar da guia e fique junto dele o tempo todo.
     
  10. 10
    Varra o quintal antes de deixar os animais saírem pra lá. Recolha quaisquer estalinhos, fogos de artifício etc., além de itens de festa e objetos quebrados. Isso irá evitar que seu animal de estimação se machuque com objetos desconhecidos.

como cuidar de um animal

 Antes de adotar um animal deve saber que ele vai exigir cuidados,

e que ele pode viver mas de 10 anos.eles são fiés e amorosos.O abondono,

além de ser crime perante a justiça brasileira,é uma crueldade.Eles sovrem 

como nás: sentemfrio,fome etc se não gostariam que fizesse com você,pense

duas veses antes de fazer com um animal indefeso.